Guia de Como Construir um Telhado Verde

Os telhados verdes oferecem muitos benefícios quando instalados corretamente – incluindo armazenamento de água, diminuição do risco de inundação, conforto ambiental, diminuição da ilha de calor e aumento da biodiversidade local. Além de ter uma estética linda!

Enquanto projetos de grande porte devem ser feitos por empresas especializadas, projetos domésticos de menor escala, como telhados de garagem e galpões, são relativamente simples de instalar, desde que sigam certas diretrizes.

Este guia descreve algumas das principais diretrizes sobre como instalar um telhado verde leve e bem-sucedido.

Requisitos mínimos antes de construir um telhado verde?

Antes de começar a construir um telhado verde, há duas perguntas importantes a serem feitas:

1 – Em que ângulo posso instalar um telhado verde?

A inclinação ideal para construir um telhado verde é entre 2° e 10°. Abaixo de 2°, a água armazenada prejudica a vegetação, e acima de 10°, são necessárias técnicas construtivas especificas, feitas por empresas especializadas.

2 – A estrutura existente pode suportar o peso extra do telhado verde?

Telhados verdes simples e leves pesam entre 60-150 kg/m2. Se você não tiver certeza da carga que seu telhado pode suportar, consulte um arquiteto ou engenheiro antes de começar a construí-lo.

Ao calcular o peso que a cobertura vegetada irá acrescentar ao telhado, você também deve levar em consideração o peso do telhado verde quando saturado de água da chuva.

Se o telhado existente não suportar o peso extra, você poderá reforçá-lo usando suportes de aço ou madeira.

Quais são as camadas de um telhado verde?

As camadas utilizadas em um telhado verde convencional são mostradas abaixo:

As coberturas verdes de pequena escala requerem uma versão simplificada, composta por apenas 4 camadas:

  • A membrana impermeável (à prova de raízes)
  • Drenagem e filtragem
  • Substrato
  • Vegetação

A membrana impermeável / à prova de raízes

As coberturas verdes requerem uma camada de material impermeável que também é resistente às raízes. Idealmente, isso é feito com uma única folha impermeabilizante para cobrir toda a área, assim, evita infiltrações.

O material mais indicado é a lona plástica.

DICA: Caso a laje seja de um material áspero, use um material macio entre a lona e a e a laje, para que a lona não rasgue com o atrito.

Drenagem

Na cobertura vegetada, deve-se considerar canos de água pluvial para captar à água da chuva. O excesso de água deve sempre poder escapar do telhado.

A drenagem em um telhado verde é muito importante. O telhado não deve ser sobrecarregado, por isso é vital que as saídas dos canos sejam mantidas desobstruídas. Use uma camada de argila expandida para evitar bloqueios. Seixos ou cascalhos também podem ser usados na borda do telhado para evitar que a vegetação passe daquele limite.

Entre a lona plástica e a drenagem, coloque uma manta geotextil bidim para filtragem e proteção do telhado.

Substrato

  • A profundidade do substrato dita a vegetação que ali crescerá. Vegetações de pequeno porte, ervas, gramas e vegetação de baixa altura precisará de 8 cm de substrato. Já a cobertura verde com de vegetação de grande porte necessitará de 30 a 40cm da camada do substrato.
  • O substrato utilizado deve ser leve e pobre em nutrientes. Evite usar apenas solos comuns de jardim, pois são muito pesados quando molhados, têm alto teor orgânico e incentivarão o estabelecimento de vegetação indesejável.
  • Se você decidir misturar seu próprio substrato, uma boa proporção a ser usada é de 70-80% de material inorgânico (tijolo triturado, argila expandida) para 20-30% de material orgânico. Uma mistura comum é 70% de tijolo reciclado triturado para 30% de resíduos verdes compostados.

Como fazer a manutenção?

A manutenção de um telhado verde é geralmente mínima. Porém, os seguintes cuidados devem ser tomados 1-2 vezes por ano para garantir a longevidade da cobertura:

  • Em estações secas, assegure-se de que as plantas sejam regadas especialmente no primeiro ano de plantio para garantir que elas sobreviverão;
  • Após o primeiro ano, regue apenas durante condições de seca severa de 6 ou mais semanas;
  • Garanta que as saídas de drenagem permaneçam livres de vegetação ou sujeiras;
  • Assegurar que as margens do telhado estejam livres de vegetação indesejada;
  • Não deixar que haja áreas sem plantas na cobertura. Caso aconteça, replantar o mais rapidamente.

Tipos de planta que podem ser usadas para construir um telhado verde

A escolha das espécies que serão plantadas também é muito importante. Saber qual é a espécie que irá sobreviver aos ventos, chuva e temperatura local é essencial para a eficiência do telhado verde.

Você pode adaptar o plantio para atrair espécies específicas de plantas e animais selvagens ou dar preferência por plantas nativa da região. Muitos fornecedores de sementes agora oferecem misturas de sementes de telhado verde especialmente formuladas usando plantas que podem lidar com as condições climáticas dos locais elevados.

A vegetação pode ser feita com o plantio direto de mudas de plantas ou semeadura, a qual levará mais tempo para crescer.

Sobre as plantas:

Existe uma grande variedade de plantas que facilmente se adaptam ao telhado verde. Entre as plantas mais utilizadas estão:

Estrelinha dourada
Dinheiro-em-penca
Flor-de-coral
Lírio dos ventos
Mosquitinho
Grama preta
Grama Amendoim

Todas estas opções são de fácil cuidado e com manutenção reduzida e ainda por cima requerem baixo consumo de água.

Dicas para plantar

  • Evite monoculturas, pois o sucesso do crescimento das plantas aumenta quando uma mistura de espécies é usada.
  • Quanto mais íngreme a inclinação do telhado, mais cuidados devem ser tomados para garantir que as plantas localizadas perto do topo do telhado sejam mais tolerantes à seca, pois receberão menos água
  • Para reduzir a necessidade de irrigação à medida que as plantas se estabelecem, um telhado verde deve ser plantado na primavera ou no outono.
Considerações de projeto

Para construir um telhado verde Uma estrutura deve ser construída ao redor do perímetro do telhado, com materiais resistentes ao apodrecimento. Isso garantirá que os materiais do telhado verde permaneçam contidos. Certifique-se de que a estrutura não bloqueie a drenagem da água do telhado. Tenha cuidado para garantir que a impermeabilização não seja danificada nesta fase.

Se houver alguma chance de plantas entrarem no edifício e comprometerem a estrutura do edifício, uma margem de seixos ou cascalho de 300 mm de largura deve ser colocada ao redor da borda do telhado e qualquer coisa que penetre na superfície do telhado. A margem de seixos ou cascalho também garantirá que a vegetação indesejada não se estabeleça na borda do telhado.

Se a inclinação do telhado for superior a 20°, você precisará garantir que o telhado verde não escorregue. O deslizamento pode ser evitado com o uso de madeira ou uma grade de metal colocada no topo da membrana à prova de raízes em um padrão de ‘tabuleiro de damas’.

Considerações ambientais

Para tornar um telhado verde ainda mais sustentável, alguns pontos precisam ser levadas em consideração:

  • Evite usar produtos químicos e fertilizantes no telhado, pois eles podem vazar no escoamento e poluir os cursos de água;
  • Tente obter materiais de telhado verde de fornecedores locais para reduzir a poluição com transporte;
  • Considere o uso de materiais reciclados de construção para criar substrato.

Construa o seu telhado verde e tenha muito mais beleza e conforto m sua casa!

Compartilhe:

Receba nossas notícias

Inscreva-se em nossa Newsletter