Biodigestor: Como funciona, quais os tipos e vantagens

Você sabe como funciona um biodigestor?

Um biodigestor é um equipamento fechado que acelera o processo de decomposição da matéria orgânica em um processo anaeróbico, no qual as bactérias decompõem a matéria orgânica sem a presença de oxigênio.  O processo de decomposição resulta tem como produtos principais o biogás e o biofertilizante.

O biogás formado pelo processo de decomposição é formado por dióxido de carbono e gás metano. Esses gases podem ser utilizados para geração de energia elétrica e para geração de energia térmica.

 

O biofertilizante é um líquido rico em húmus e nutrientes e pode ser utilizado como adubo natural dos solos para agricultura.

Esquema ilustrativo do uso de biodigestores

Quais resíduos orgânicos podem ser decompostos no biodigestor?

A matéria orgânica que pode ser decomposta por biodigestores é de origem vegetal (como folhas e palhas), de origem animal (como esterco e urina), de origem humana (como fezes, urina e lixo doméstico) e de origem industrial.

Imagem de matéria orgânica que pode ser decomposta em biodigestores.

Tipos de biodigestor

Os biodigestores são classificados de acordo com a periodicidade de carga de matéria orgânica que é adicionada no sistema. 

Podemos classificar em dois tipos:

1)     Descontínuo:

Também conhecidos como biodigestores de batelada, os biodigestores descontínuos são aqueles utilizados quando a carga de matéria orgânica é sazonal. Assim, o sistema é carregado uma única vez e não é recarregado até que pare de produzir gás. Geralmente, o sistema fica fechado, sem a entrada de oxigênio, de 40 a 60 dias.

 

2)     Contínuo:

 

Os biodigestores contínuos são aqueles que são carregados continuamente, por tanto, requer disponibilidade permanente de matéria orgânica. O biogás e biofertilizantes produzidos são coletados através de dutos e tubulações de saída.

Exemplos de biodigestores:

Biodigestor canadense
Biodigestor indiano
Biodigestor chinês

Conheça as vantagens do uso de biofertilizantes:

Algumas vantagens do uso de biofertilizantes são:

1)    Reciclagem de matéria orgânica: o uso de biodigestores recicla a matéria orgânica, transformando em outros produtos a serem utilizados;

 

2)   Diminui a demanda de combustíveis fósseis: o uso do biogás para geração de energia elétrica e térmica diminui a demanda de combustíveis fósseis, diminuindo emissões de CO2 para a atmosfera;

 

3)   Diminuição de custos e obtenção de vantagens econômicas: o uso do biogás para geração de energia, bem como o uso de biofertilizantes na produção agrícola diminui custos.

Compartilhe:

Receba nossas notícias

Inscreva-se em nossa Newsletter